Ao contrário de seus donos terem o luxo de usar chinelos ou sapatos se caminharem pelo chão frio da casa ou no terreno acidentado do parque, os cães não precisam de muito para ajudá-los a proteger as unhas dos pés. Ao invés disso, é responsabilidade dos proprietários buscar métodos para proteger suas preciosas patinhas, principalmente nas ruas nevadas no inverno e nas calçadas quentes no verão. Caso você não saiba por onde começar a manter as patas de seus animais de estimação seguras, aqui estão doze maneiras de fazer isso.

Corte O Cabelo Comprido

Vamos começar falando sobre como você pode proteger as patas de seus cães durante as estações mais frias. Se você permitir que seu cão ande descalço no inverno, suas patas podem ficar rachadas e secas. Eles podem até sofrer queimaduras em certos cenários mais sérios. Mas antes de fazer qualquer outra coisa com os pés do seu cão, corte o pelo em volta da área da pata, especialmente entre as pontas dos dedos.

Reduza o cabelo nesta região até um período em que não toque no chão. Isso pode evitar que a neve e outros compostos potencialmente prejudiciais adiram às patas do seu cão e induzam dificuldades. Escove o cabelo do seu cão com freqüência também. A limpeza regular do cabelo ajuda a eliminar os cabelos mortos, que podem persistir em substâncias incômodas. Além disso, mas a eliminação de pelos mortos também melhora o bem-estar geral e o fluxo sanguíneo. Isso ajudará seu cão a parecer muito melhor também, portanto, não há razão para você ignorar essa etapa.

Manter Unhas Na Avaliação

Corte as unhas de seus cães também, já que garras longas podem fazer com que o cão se abra com freqüência, o que pode expô-lo ainda mais ao frio. A aparência fantástica também pode ajudá-lo a usar alguns dos produtos listados abaixo de uma forma muito mais simples. Comparável ao motivo pelo qual você gostaria de manter o pelo nesta região breve, aparar as unhas evita o acúmulo de neve e gelo. Possuir unhas mal cuidadas também pode levar a uma redução de peso desigual, o que pode destruir o coração de seu cão. Se isso acontecer, você detectará o seu cão escorregando e caindo com mais frequência, principalmente ao caminhar sobre áreas geladas.

Evite Banhos De Rotina Durante O Inverno

Você deve evitar dar banhos regulares a seus cães durante as estações mais frias. Se o seu cão toma muitos banheiros ou se eles passam muito tempo em um único, sua pele pode ser removida de seus próprios óleos vitais – os mesmos óleos que ajudam a evitar a pele rachada e seca. Mas se seu cão é de uma raça que precisa banhos regulares, então o melhor lavador de patas de cachorro seria aquele que tivesse atributos hidratantes.

Veja A Medida Deles

A próxima maneira de proteger as patas de seus cães durante o inverno é ver cuidadosamente onde eles estão pisando. Tipos específicos de descongeladores são, na verdade, venenosos para o seu cão, portanto, caso você não saiba exatamente o que seus vizinhos já estão usando para remover o gelo das calçadas e dos acessos, é melhor evitar isso completamente. Use descongeladores orgânicos no seu lado do caminho para permitir que seu cão passe tempo ao ar livre, mesmo que apenas um pouquinho fora de sua porta.

Da mesma forma, pode ser aconselhável permitir que seu cão beba em poças arbitrárias na rua. Sempre leve um pouco de água potável para seu cão, especialmente se você for fazer uma caminhada muito longa. Manter-se hidratado também ajudará a manter a pele do seu cão hidratada.

Apesar de todas as tentativas, quando você e seu cachorro vão dar um passeio, é quase inevitável que pisem em algo que não deveriam colocar as patas. Como resultado disso, é sempre uma idéia fantástica limpar as patas do seu cão utilizando um pouco de água quente e sabão após um passeio. Traga uma toalha também, o que significa que você pode limpar produtos químicos prejudiciais, mesmo quando estiver em movimento. Se você fizer isso conforme prescrito, você não está apenas evitando que os descongeladores irritem seus cães, mas também garantindo que seu cão não ingira esses produtos químicos perigosos.

Coloque Em Algumas Botas De Cachorro

Um dos meios mais óbvios pelos quais você pode proteger os pés de seus cães dos componentes é fazê-los usar botas. Os melhores sapatos e botas para cães estão normalmente disponíveis em lojas de animais e também em lojas na Internet. Você pode até obtê-los em uma variedade de designs e cores que combinam com vários gostos. Eles podem até ser produzidos a partir de outros materiais como couro, algodão doce. Apenas certifique-se de que os sapatos que você está tomando são aceitáveis para os requisitos e confortáveis para o cão. Não compre apenas um par, pois você acredita que eles ficarão adoráveis em seu cão.

Como existem muitos fabricantes que vendem este tipo de calçado, poderá facilmente encontrar um que lhe agrade a um custo muito competitivo. Se procura promoções, poderá adquirir vários pares, e que poderá utilizar para diversos eventos, ou simplesmente para trocar o visual dos seus cães durante a semana.

Muitas das botas de cachorro hoje em dia incluem tiras de velcro além de tecidos reflexivos, que as mantêm mais visíveis do escurecimento. Algumas delas incluem até almofadas de plástico nas solas para maior aderência. Esse recurso extra ajuda a evitar escorregões e escorregões acidentais, que podem danificar ainda mais o seu cão. As botas de cachorro também ajudam a cortar as almofadas dos pés, o que evita a pele rachada e seca. Você pode até mesmo fazer seu cão vestir um suéter ou um casaco, para que eles possam reter melhor o calor do corpo.

Aplicar Um Pouco De Bálsamo

Poucos cães são amantes de calçados esportivos. Alguns deles ainda preferem fazer seus negócios de maneira orgânica descalços. Se seu cão preferir isso, você ainda pode proteger suas patas empregando um pouco de bálsamo para elas. Este item ajuda a tratar rachaduras e outros tipos de danos nas patas de seus próprios cães. Massagear bem esses produtos dentro e sobre seus cães também faz maravilhas na prevenção de danos potenciais. A melhor parte é que essa sugestão também funciona em climas mais quentes.

Se você está tendo problemas para procurar um bálsamo específico para cães, talvez possa experimentar um bálsamo feito para cuidados com a pele humana. Você pode até usar vaselina ou spray de cozinha, se esses forem os únicos substitutos apropriados que você tem disponível no momento. Se você usá-los, certifique-se de que seu cão não faça medições em uma superfície brilhante, pois esses produtos os tornam suscetíveis a escorregar. Este bálsamo também é usado para ajudar a acalmar o focinho seco e rachado, que normalmente acompanha as patas estragadas.

Agora que conversamos sobre como você pode proteger as patas de seus cães no frio, vamos falar sobre como protegê-los do calor intenso. Muitas das maneiras de proteger as patas de seus cães no calor são muito semelhantes à maneira como você faria no frio, mas com alguns pequenos ajustes.

Programe Suas Caminhadas De Maneira Adequada

Nosso primeiro truque é cronometrar suas próprias caminhadas.

Se o único tempo disponível para passear com o cachorro for durante o dia, faça o possível para mantê-lo em pé. Apenas certifique-se de fazê-lo onde as pessoas realmente permitirem que você meça na vegetação; de outra forma, deixe a caminhada para outra hora. Pode ser uma ideia fantástica levar seu cachorro a um parque com muitas árvores para que ele possa andar na mesma cor. Vocês dois podem até ganhar alguns novos amigos enquanto estão lá.

Use Calçados Mais Respiráveis

Use Calados Mais Respirveis

Muito semelhante à maneira como você protege as patas de seus cães no frio, você também pode colocar coberturas protetoras em seus cães para salvá-los do calor. Quando você for comprar botas ou sapatos para os meses mais quentes, selecione aqueles feitos de um tecido respirável como uma rede. Você também pode fazer seus cães usarem algumas meias para alguma proteção extra.

Se você está apenas procurando uma solução temporária, também pode experimentar as botas descartáveis para cães. Produtos como este são ideais se você está simplesmente caminhando em um dia quente algumas vezes ou se não sai para passear com seu cachorro tanto assim.

Outra opção é descascar e colar as almofadas, que podem ser um pouco mais toleráveis para muitos cães em comparação com sapatos ou botas. Essas almofadas podem ser feitas de feltro ou silicone e são extremamente fáceis de usar. Você pode até cortá-los no tamanho certo usando uma tesoura para que combinem perfeitamente com as patas do seu cachorro. As almofadas de casca e cola oferecem uma camada de segurança entre os cães e uma superfície quente. Eles também param de escorregar no caso de seu cão medir em uma superfície úmida. Se você colocá-los e eliminá-los com cuidado, também poderá reutilizá-los em algumas ocasiões.

Endureça As Patas

A próxima coisa que você pode fazer para proteger as patas de seus cães no calor é fortalecê-los. Se começar a esfriar um pouco, leve o cachorro para passear nas superfícies difíceis e duras da calçada o máximo que puder. Isso fornece a seu cão alguma defesa natural contra superfícies quentes, ajudando a desenvolver calosidades e pele mais espessa. Apenas certifique-se de lavar as patas de seu cão mais tarde para ter certeza de que não há mais resíduos. Eles podem causar irritação se deixados por muito tempo.

Banhe-se Com Frequência Desde O Verão

Falando nisso, você precisa dar ao seu cão banheiros regulares no verão para estancar a pele ao redor das unhas dos pés. Isso é comparado ao que você precisa fazer durante as estações mais frias. No entanto, você não deve esquecer de limpar seus cães com frequência. Para limpar as patas de seus cães corretamente, comece retirando quaisquer detritos presos em suas patas. Mais tarde, limpe o alicate usando um tecido úmido em temperatura ambiente. Termine usando um bálsamo hidratante para manter seus animais de estimação pelados, hidratados e nutridos.

Leia As Evidências

Você também precisa saber como saber se seu animal machucou as próprias patas. Se o seu cão apresentar esses sintomas, ele terá queimado as almofadas das patas. Você vai detectá-los mancando ou impedindo caminhadas e outros tipos de atividade física de que gostavam. Você também pode vê-los mastigando ou lambendo suas próprias tentações. Para saber se o seu cão queimou a pata, você também pode pesquisar danos observáveis, bolhas e inflamação, além de indicações de descoloração, as patas queimadas são um pouco mais escuras do que o normal. Se você descobrir qualquer um deles, tome medidas imediatas.

Trate Queimaduras Quando Possível

Agora que você sabe como descobrir se seu cão está com as narinas queimadas, você precisa praticar os primeiros socorros adequados para esse cenário específico. A primeira coisa que você deve fazer é remover seu animal de estimação da superfície quente, se ele estiver sozinho, e trazê-lo para dentro o mais rápido possível. Coloque a área afetada sob água corrente e coloque uma compressa fria nela mais tarde. Se o seu cão tem tendência a morder ou mastigar o ferimento, coloque um cone sobre ele para evitar que o faça.

Depois de aplicar os primeiros socorros, molhe as patas do seu cão submergindo-as em certa água fria por pelo menos dez minutos. Se o seu cão se sentir desconfortável com isso, você pode envolver a área afetada com um pano úmido. Depois de passar bastante tempo, use iodo para lavar as feridas presentes. Também é aconselhável cortar qualquer cabelo que possa ficar preso nas lesões, pois isso pode levar à doença. Seque as patas e tome cuidado para não esfregá-las. Use um pouco de bálsamo para ajudar a aliviar as feridas. Repita quantas vezes forem necessárias.

Então é assim que você protege as patas de seus cães do frio e do calor. Tenha certeza de que gostará mais de suas caminhadas se seguir estas dicas básicas.