Bolas De Pelo Em Cães

Antes de começarmos a discutir o melhor remédio caseiro para bolas de pelo para o animal de estimação, vamos ter uma ideia muito clara sobre o que é exatamente uma bola de pelo.

Como o termo sugere, uma bola de pelo é um aglomerado de folículos pilosos que se acumulam no intestino do cão. Não é um pedaço em si, devido ao corpo tubular desse intestino. Portanto, é mais cilíndrico na forma.

As bolas de pêlo acontecem porque os folículos pilosos que o cão ingere não passam pelo intestino para que saiam das fezes. Com o passar do tempo, eles se juntam e endurecem para criar uma massa sólida de pelo. Isso pode resultar em bloqueio parcial ou total dos intestinos e causar uma variedade de sintomas.

É normal que seu cão tente remover essa massa de pêlo que está obstruindo seus próprios intestinos. É exatamente por isso que pode criar um terrível ruído de náusea que muitos pais de animais de estimação consideram porque o som de bola de pelo de cachorro. O cão tentará inalar a bola de pelo pela boca e pelo esôfago. Pode ser doloroso na maioria das vezes, porque isso acarreta náuseas em vários desses conteúdos gástricos. O revestimento interno do esôfago não é tão espesso quanto o do intestino e dos intestinos. Isso o torna muito sujeito à irritação proveniente do conteúdo ácido do estômago.

Se o cão não consegue inalar a bola de pelo, ela pode aumentar em proporção. Quando há uma obstrução parcial do intestino do cão, isso pode resultar em diarreia. Isso acontece porque apenas algumas dessas fezes se movem pelo intestino parcialmente obstruído. As fezes ficam aquosas porque a parte líquida das fezes passa pelo ânus. Quando há barreira completa, isso pode resultar em constipação. A congestão do intestino do cão impede a movimentação efetiva das fezes.

A maioria de nós sabe o que acontece quando o cão tem diarreia ou prisão de ventre. Isso pode reduzir o apetite e ficar sem comer por alguns dias. Se persistir, existe o risco de seu cão ficar desnutrido.

Possíveis Razões Para Bolas De Pelo Em Cães

Agora que temos uma ideia absolutamente clara sobre o que realmente são bolas de pelo em cães, vamos dar uma olhada em por que os cães têm essa doença. Aqui está uma lista das prováveis causas de bolas de pelo em cães.

  • Auto-limpeza

Os cães se limpam, mas são menos regulares que os gatos. Se o fizerem, lambem detritos, sujeira e pelos soltos de sua jaqueta. Isso pode se tornar uma bola de cabelo. Isso pode ser observado em cães com pelagem longa e linhagens que são shedders pesados. A prevalência da formação de bolas de pelo é determinada pelo status operacional do trato digestivo. Quando está funcionando normalmente, os fios de pelo podem passar pelo intestino com relativa facilidade. Mas, ainda é possível que cresçam bolas de pelo quando há muitos fios de cabelo dentro do intestino.

  • Irritação na pele

A pele seca e inchada quase sempre contribui para a calvície na região afetada. O cão tentará morder ou lamber a pele inchada em um esforço para acalmar a irritação. É uma pena que, ao fazer isso, o cão também possa ingerir alguns daqueles pêlos soltos. A irritação da pele pode ser uma indicação de infestação por pulgas ou carrapatos. As infecções fúngicas e bacterianas também podem causar irritação na pele. As reações alérgicas e alergias alimentares também podem resultar em coceira e irritação na pele.

  • Nutrição pobre

Se o cão não estiver recebendo nutrição suficiente para fortalecer seu pêlo, existe a possibilidade de que ele fique com calvície mais severa. Isso pode resultar na formação mais rápida de bolas de pelo por meio da auto-limpeza. Alguns dos principais nutrientes necessários para o bem-estar do cabelo são proteínas e ácidos graxos ômega-3. Se o cão não estiver recebendo as quantidades adequadas desses nutrientes, então você pode esperar que ele fique mais calvo.

  • Comer Presa

Existem cães que vivem seus instintos predatórios ao máximo comendo pequenas presas como roedores. É provável que o cabelo que se forma em uma bola dentro de suas vísceras não seja sua própria queda de cabelo. Esses podem ser os cabelos do sofredor com quem eles se banqueteiam.

  • Filhotes amamentando

Se os cães desenvolverem bolas de pelo, isso freqüentemente é uma consequência de suas ações de enfermagem. Isso pode ser verdade quando a mamãe cadela tem excesso de pêlo em volta dos mamilos. É por isso que os criadores freqüentemente raspam o abdômen da cadela.

  • Estresse e tédio

Problemas de comportamento, como ansiedade e tédio, podem fazer com que os cães sintam ou mordam o próprio pelo. Isso pode aumentar as chances de seu cão comer mais cabelo do que o necessário.

Gerenciando Bolas De Pelo Em Cães

Como existem muitas causas possíveis de bolas de pelo em cães, é muito importante reconhecer que essa é a razão para a condição em seu animal de estimação. Por exemplo, se a origem dessa bola de pelo é a irritação da pele, seu cão precisará de tratamento para o seu agravamento. Exatamente ao mesmo tempo, ele já pode receber tratamento para sua própria bola de pelo no intestino. Listadas aqui estão as formas mais comuns de controlar bolas de pelo em cães.

  • Cirurgia

Se você descobrir que seu cão está tendo dificuldade para inalar a bola de pelo, é frequentemente uma indicação de que ele requer assistência profissional. Isso pode ser preciso caso seu cão esteja em uma indicação clara de dor ou angústia. No caso de obstrução intestinal completa, seu cão pode precisar ser submetido a uma cirurgia para eliminar a bola de pelo. Isso só pode acontecer se você escolher o seu animal de estimação ao veterinário.

  • Laxantes

Se a barreira for apenas parcial, seu veterinário pode solicitar um laxante adequado. Esses são medicamentos que podem amolecer as fezes, de modo que passam pelo intestino do cão de maneira muito mais simples. Suplementos nutricionais também podem ser administrados para ajudar a lubrificar a bola de pelo, de modo que ela se mova através do intestino.

  • Azeite

Você pode até utilizar um remédio natural para bolas de pelo para cães. Entre os tratamentos mais comuns para a bola de pelo de animais de estimação está o manejo do azeite de oliva da ração dos animais de estimação. O objetivo é aumentar a lubrificação tanto do intestino quanto da bola de pelos. Isso o torna liso e permite o movimento mais rápido dessa bola de pelo em todo o intestino. Lembre-se de que isso só funcionará em bolas de pelo que causam obstrução mínima a moderada. No caso de o problema ser uma obstrução completa, a operação é o único remédio.

  • Óleo de peixe ou abóbora enlatada

No caso de você gostar de azeite, então você pode até dar suplemento de óleo de peixe para seu animal de estimação. Ele funciona exatamente com o mesmo princípio de colocar azeite de oliva na comida de seus cães. Oferecer abóbora em lata ao seu animal de estimação também pode ajudar, pois isso pode ajudar a quebrar a bola de pelo. Isso torna muito mais fácil manobrar a bola de pelo por todo o intestino do cão.

Prevenção De Bolas De Pelo Em Cães

Se você entende as prováveis causas de bolas de pelo em cães, deve ser simples bloqueá-las. Abaixo estão alguns dos métodos comprovados que você pode evitar bolas de pelo em seu cão.

  • Tratamento Regular

Considerando que o fator principal na formação de bolas de pelo em cães seria o fato de que a ingestão de pelos, a higiene de rotina e a limpeza regular podem ajudar a cuidar do problema. Você precisará pentear e escovar o pêlo do seu cão usando um instrumento de limpeza adequado. Para obter melhores resultados, você pode usar uma ferramenta de descamação para ajudar a eliminar qualquer pelo solto que seu animal possa ter. Isso pode reduzir a quantidade de cabelo que seu cão pode consumir.

Também é importante que seu animal de estimação seja submetido a um corte normal. Cabelo mais longo pode formar bolas de pelo uma tonelada mais simples do que cabelo mais curto. Além disso, o cabelo mais curto pode passar pelo intestino de uma maneira mais eficaz. Cortar a rotina a cada 3 a 4 semanas deve ajudar seu animal a manter o cabelo curto.

  • Nutrição apropriada

Oferecer ao seu cão uma ração cheia de proteínas e ácidos graxos ômega-3 pode ajudar a fortalecer o próprio cabelo. Isso pode ajudar a impedir o excesso de perda de cabelo. Se o seu cão for tão meticuloso quanto um gato para se cuidar, ele não estará comendo muito cabelo. Sua pelagem provavelmente será poderosa o suficiente para resistir à ameaça de ser arrancada.

  • Aparelho digestivo

Incluir um remédio caseiro para bolas de pelo, como abóbora enlatada ou suplemento de óleo de peixe, na comida de cachorro de seu animal de estimação ajuda a lubrificar seus próprios intestinos. Você pode até adicionar uma colher de chá de azeite de oliva à comida uma vez por semana para ajudar a passar o cabelo acumulado para o intestino.

  • Hidratação

Melhorar o consumo de água de seu cão também pode ajudar a prevenir a formação de bolas de pelo. Lembre-se de que a camomila pode aumentar a probabilidade de seu cão ter bolas de pelo porque o revestimento intestinal pode ser estéril.

Os cães também podem ter bolas de pelo. Compreender as causas das bolas de pelo em cães pode permitir que você as controle de maneira mais eficiente.