Os cães muitas vezes imitam as emoções de seus humanos. Considere o que o deixa nervoso, e provavelmente você terá um bom controle sobre o que deixa seu cão ansioso. Além disso, considere coisas que podem deixar alguém com medo ou ansioso. Todas essas são coisas que provavelmente deixarão seu cão nervoso. É claro que alguns cães desenvolvem medos e ansiedades irracionais e, sempre que isso ocorre, você precisa ser um detetive para saber o que está acontecendo. Neste artigo, oferecemos dicas que o ajudarão a descobrir se e por que seu cão está ansioso. Também damos bons conselhos para ajudá-lo a resolver a ansiedade de seus cães. Continue lendo para descobrir mais.

Conheça Seu Cachorro

Descubra como ler a linguagem corporal do seu cão e aprenda os sintomas e sinais de medo que instilam o estresse. Estar ciente dos sentimentos de seu cão pode ajudá-lo a evitar situações perigosas e assustadoras. Quando você perceber que seu cão está ficando desconfortável ou com medo, mude a situação para evitar ansiedade.

Quais São Os Sintomas De Estresse E Cães?

Quando um cão está preocupado, ele pode experimentar uma ampla variedade de sintomas, como:

  • Latidos excessivos
  • Agressão
  • Ofegante
  • Tremendo

Esses são sintomas típicos, no entanto, existem também alguns sinais mais sutis aos quais você deve estar atento. Por exemplo, seu cão pode exibir lentamente pequenas mudanças de comportamento, que podem incluir:

  1. Ofegante e tremendo: é claro que os cães podem ofegar quando estão com muito calor ou quando estão se exercitando. Eles também ofegam intermitentemente ao longo do dia. Seu cão também pode ofegar quando um evento específico o assusta (por exemplo, fogos de artifício ou outros sons altos). Isso é normal. Por outro lado, no caso de seu cão ofegar excessivamente sem motivo aparente, isso às vezes é uma indicação de ansiedade.
  2. Escondendo: Seu cão buscará isolamento cada vez mais quando estiver ansioso ou com medo. Isso pode ser apropriado no caso de seu cão ser treinado em uma caixa e utilizar sua gaiola como um espaço seguro, mas pode ser impróprio se ele se esconder em lugares estranhos ( por exemplo, em um armário, debaixo da cama, varanda ou casa) e não vai sair.
  3. Pegando: Por outro lado, seu cão pode se tornar muito pegajoso e permanecer muito próximo ao seu lado ou até mesmo em seu colo ou rosto quando estressado. Isso quase não é apropriado, especialmente com cães enormes.
  4. Mastigar, lamber e escovar excessivamente: se o seu cão está constantemente lambendo e mastigando o casaco e a pele, e também mastigando feridas nas pernas e em outras partes do corpo, isso pode ser um sinal de ansiedade. Como alternativa, pode ser um sinal de um problema de pele ou infestação de insetos. Verifique com seu veterinário para descobrir o motivo de seus cães mastigarem.

O Que Você Pode Fazer Para Ajudar Seu Cão A Superar O Estresse?

A melhor abordagem para controlar a ansiedade em cães é, antes de mais nada, evitar que ela se desenvolva. Uma boa educação e treinamento geram um cão confiante, mas quando você adota um cão idoso e nervoso, nunca é tarde para começar bons hábitos que o ajudarão a acalmá-lo. Siga estas dicas:

  1. A melhor abordagem para lidar com a pressão em cães é, antes de mais nada, evitar que ela cresça. A criação e o treinamento fantásticos geram um certo cão, mas quando você abraça um cão mais velho e nervoso, não é tarde para começar bons hábitos que podem ajudar a acalmá-lo. Siga estas dicas:
  2. Leve seu cão para o treinamento de obediência. Um cão bem comportado que sabe o que se espera dele é um cão mais feliz e confiante. Manter seu cão com um treinamento básico de obediência para um filhote e com um treinamento mais complexo de obediência e / ou agilidade à medida que ele evolui é uma boa maneira de construir seu relacionamento e comunicação com seu cão para que ambos possam ir para o planeta.
  3. Socialize seu cão corretamente. Estar fora de casa (com segurança na coleira) entre pessoas e outros animais em áreas novas e incomuns é uma experiência importante para os cães. Se o seu cão não conhece ninguém além de você e fica em casa, ele naturalmente ficará com medo sempre que algo incomum ocorrer. A socialização adequada é uma responsabilidade significativa para o dono de um cão e uma boa maneira de evitar ter um cão ansioso.
  4. Escolha suas batalhas. Evite situações desnecessárias que gerem ansiedade. Se você sabe que seu cão não gosta de estar no centro de um bando de cães, não visite o parque para cães. Você não precisa fazer isso para que seu cão faça um ótimo exercício. Concentre-se em levar seu cão para passear e em visitar aulas de obediência para socialização. Os percursos são controlados e geralmente consistem em grupos menores de cães sendo tratados individualmente, em vez de matilhas soltas.
  5. Escolha o equipamento adequado para trabalhar em conjunto com o seu cão. Possui uma trela robusta de no máximo 1,8 me uma coleira ou arnês eficaz que se mantém firmemente na posição e transmite suas fantasias ao seu cão. Uma coleira solta junto com uma guia excessivamente longa não fornecem as mãos de que você precisa para seu cão e locais públicos.
  6. Quando seu cão tende a beliscar, use um focinho de cesta. Não há vergonha nisso. É melhor proteger o seu cão e as pessoas ao seu redor evitando uma situação potencialmente perigosa. Muitos cães que mordem o medo, na verdade, se sentem mais confiantes com o focinho no lugar.
  7. Ensine seu cão a andar de salto e mantenha-os ao seu lado quando você estiver fora. Sua proximidade e o fato de seu cão saber que você é responsável ajudarão muito a aliviar a ansiedade dele.

Você Treinaria Um Cão Para Não Ficar Ansioso?

Existem várias abordagens de treinamento diferentes que você pode usar para ajudar seu cão a superar a ansiedade. Uma dessas abordagens é conhecida como contra-condicionamento, que ajuda seu cão a aprender novas respostas a estímulos assustadores. Se o seu cão aprender uma nova resposta, ele terá um comportamento apropriado e desejável ao qual recorrer, o que não causará problemas para ele ou para você.

Você também pode precisar tentar a dessensibilização, que envolve lentamente a introdução do cão à origem da ansiedade. Colocar seu cão em uma pessoa, coisa ou lugar assustador um pouco de cada vez pode ajudá-lo a superar o medo.

Se um cão está extremamente preocupado e está causando muitos problemas para ele e você, também pode ser necessário consultar um treinador de cães. Trabalhar com um treinador profissional e com o seu veterinário irá ajudá-lo a encontrar o problema de todos os ângulos para que você seja capaz de vencê-lo.