A depressão não afeta apenas os humanos, até mesmo a população felina é extremamente sensível e, portanto, eles podem responder facilmente às flutuações ambientais. Não é preciso muito para desencadear a depressão em gatos, mesmo algo tão leve como uma mudança na dieta e na caixa de areia pode contribuir para o estresse. Mas, ainda existem situações graves como a morte de um parente ou mudanças que podem fazer seu companheiro peludo ficar triste. Se você suspeitar que seu gatinho está sofrendo de depressão, este relatório o ajudará.

Os Gatos Podem Ficar Deprimidos?

Foi demonstrado que os habitantes felinos podem apresentar comportamentos depressivos, mas os deles não se comparam a todas as mudanças psicológicas que encontramos na melancolia como humanos. As pessoas podem expressar proativamente seus casos maníacos ao seu médico ou psicólogo; os veterinários não são tão privilegiados porque não é viável que os gatos nos informem como estão se sentindo, sejam eles zangados, tristes, alegres ou nervosos. O veterinário depende apenas das dicas que o gato dá por meio de ações e comportamentos do dia a dia e baseia sua avaliação nisso.

Indicadores De Depressão Em Gatos

Os sinais relacionados à depressão felina são muitos, então sempre ouça uma companheira peluda se ela apresentar esses sinais.

  • Pistas vocais: se um gatinho está infeliz, ele tende a dar algumas indicações audíveis. Estes são conhecidos como sons infelizes e, geralmente, chegam em um tom muito baixo e uivos tristes. Os ronronados nem sempre indicam diversão, e também um gato sombrio tem grande probabilidade de exalar mais ronronados como forma de atrair relaxamento. A depressão pode fazer um gatinho geralmente vocal ficar notavelmente silencioso, enquanto outros que provaram ser silenciosos podem tornar-se barulhentos.
  • Linguagem corporal: é apenas mais uma indicação de melancolia psiquiátrica; gatos utilizam várias partes de seu corpo para comunicar mensagens em seus sentimentos. Vimos uma série de manchas nas orelhas, olhos, corpo e pêlo indicando estados de espírito distintos na cauda de nossos animais de estimação dobrada para dentro, ambas as orelhas para trás, pêlo arrepiado e muito mais, constituem algum tipo de comunicação silenciosa que seu amigo peludo é sombrio.
  • Estresse ou agressão: Gatinhos infelizes têm a tendência de se tornarem reativos, comportando-se junto com o medo e a agressividade. Mudanças de comportamento que fazem com que um gato fique extremamente assustado ou competitivo é uma indicação de que ele pode ser infeliz.
  • Esconder-se ou agarrar-se: depois que um felino começa a eliminar o interesse em atividades antes interessantes das quais gostava de participar, ou se esconder e ser recluso, a melancolia está à espreita na esquina. Aqueles que são naturalmente silenciosos têm a tendência de se tornar pegajosos além de exigentes. De qualquer forma, a ansiedade dos estranhos dos felinos orgânicos provavelmente aumentará com a melancolia.
  • Sono intenso: é normal que os gatos participem de transpiração excessiva, mas o problema é muito pior com gatos sombrios. Mudanças no local preferido para a soneca dos gatos também são uma indicação de tristeza.
  • Pobre aparência : se a aparência inferior não é uma indicação de doença, então pode muito bem indicar melancolia. Gatos doentes ou melancólicos podem parar de se vestir, deixando suas jaquetas com uma aparência mais brilhante.
  • Perda de apetite: se um gato parar de comer repentinamente, ele pode estar comunicando seu desespero sobre algo específico. Gatos infelizes podem revelar aversão a alimentos que comprovadamente apreciam e provavelmente se livrarão completamente do interesse se você quiser atraí-los com suas guloseimas favoritas.
  • Pulverizar: Isso é um erro com gatos miseráveis; eles aproveitam seu odor particular para se sentir um pouco melhor sobre uma posição terrível. Eles conseguem isso fazendo xixi em locais impróprios. Muitos motivos podem ser responsáveis por um gato urinar fora de sua caixa de areia, no entanto, depressão, ansiedade e infelicidade aparecem perto do topo da lista. Você pode localizar seu amigo felino fazendo xixi em áreas de alto valor como seu quarto, vigias, além de regiões onde o odor de um parente perdido persiste na tentativa de dispersar seu cheiro.
  • Coçar excessivamente: um gato sombrio tem grande probabilidade de começar a coçar qualquer coisa à vista para marcar sua terra ou aliviar o estresse.

O Procedimento De Avaliação Na Depressão Felina

Ao obter a depressão em tempo real, um veterinário pode iniciar o procedimento de avaliação obtendo um histórico completo desses sintomas e sinais antes de proceder à execução de um exame físico completo. Eles podem indicar radiografias de tórax, função do sangue, além de ultrassom abdominal. Todas essas são as avaliações básicas que irão equipar o veterinário com uma visão geral do bem-estar geral dos gatos e também do funcionamento de seus órgãos. Além do mais, eles podem recomendar mais testes, mas tudo é determinado pelos resultados.

Outros testes que podem ser necessários incluem ressonância magnética e punção lombar, principalmente quando o veterinário suspeita de uma condição neurológica afetando o cérebro ou a coluna vertebral. Tumores, doenças e doenças inflamatórias que afetam o sistema nervoso kittys podem contribuir para alterações comportamentais significativas. Mudanças que são consequências diretas de estresse ou ansiedade podem ser muito difíceis de distinguir daquelas que resultam em condições médicas; consequentemente, você precisa aproveitar o processo de remoção até chegar a uma investigação.

No caso de o seu companheiro peludo responsável pela saúde ser fresco, o veterinário pode ajudar a identificar alguns fatores de estresse externos que podem estar afetando o gatinho. De acordo com os sinais, as enxaquecas podem contribuir para sintomas semelhantes aos da depressão.

Embora os membros dos habitantes felinos sejam comprovadamente independentes e resilientes, eles estão predispostos ao estresse causado pela sensação de estarem ameaçados, induzindo alterações nos padrões, ou a falta de um ente querido, ou talvez a inclusão de um parente. Na verdade, o estresse se soma à listagem das principais condições comportamentais detectadas pelos veterinários. Foi comprovado que o estresse crônico tem um impacto adverso na estabilidade psicológica e no estado de saúde física dos gatos. Agressão, calvície auto-induzida ou modificações no uso da caixa de areia pelos gatos podem ser consequência do estresse, e frequentemente é a situação.

Razões Para A Depressão Felina

Vimos muitas causas da melancolia felina, mas não importa os motivos subjacentes, dê ao seu animal de estimação mais atenção e tempo até encontrar uma melhora em seu nível de prazer. Mas, caso a razão por trás da depressão seja a dor, então agora é a hora de consultar o veterinário.

  • Infecção: a doença foi identificada entre as causas da depressão em gatos. Mais frequentemente do que não, um gato doente pode sentir desconforto e, portanto, não será mais animado como sempre se depara com a dor com o movimento. É muito provável que o gato sinta náuseas, rejeite a comida e experimente desequilíbrio hormonal ou desequilíbrio como consequência de uma doença. Doenças de saúde, como; FIV, doença hepática gordurosa, doenças respiratórias superiores, FeLV, hipotireoidismo, diabetes, doença dentária e muitos mais podem afetar a felicidade de seus gatinhos. Se você concluir que o motivo da melancolia do seu gato é a doença, o interesse deste veterinário é necessário.
  • Lesões: as lesões consistentemente representam uma espécie de limite para a capacidade do seu kittys de participar de atividades que antes eram agradáveis, especialmente quando o dano é acompanhado por uma dor insuportável. Certifique-se de sempre seguir as sugestões do veterinário sobre o alívio da dor. Mas é melhor marcar uma consulta com seu veterinário para fazer o teste. De vez em quando, a fonte de angústia e dor persistente podem ser cirurgias antigas que podem envolver o alívio da dor crônica.
  • Redução de um ente querido: se seu parente está desaparecido, normalmente é difícil para os indivíduos em questão e seus animais de estimação não estão isentos. Depois que um parente se muda ou se muda, é muito provável que o gato doméstico sofra e caia na melancolia. Esta circunstância não é permanente, pois o gato terá a capacidade de voltar ao seu comportamento normal pontualmente. Se a depressão for consequência de algum outro gato doméstico que o abandonou, você pode resolver o problema ganhando um gato de família novo. Mas devemos ter cuidado ao apresentar um novo amigo felino muito em breve. Esse tipo de depressão geralmente é resolvido com o tempo, mas temos alguns remédios naturais, como suplementos nutricionais e feromônios, que podem ajudar seu gato de estimação a se sentir mais alegre. .

Tratamento Para Depressão Felina

É provável que ajude um felino miserável por meio de diversão e medicamentos, já que ambas as abordagens têm se mostrado eficazes em aumentar o humor depressivo do gato.

Crie uma sensação de regularidade: Todos os habitantes felinos são avessos à dúvida; no caso de acontecer de seu mundo virar de cabeça para baixo, é possível ajudá-los cuidando de sua rotina familiar. Imagine que toda vez que um gato perde um ente querido, sua vida será preenchida com um buraco aberto em que o gatinho se aconchegará na falta de seu companheiro respeitável? Os gatos sentem ansiedade por alguém tão reconhecível não fazer mais parte de suas vidas.

Um gato pode perceber que seu novo dono é distinto quando não recebe suas refeições pontualmente e sua jaqueta fica sem escovar. O que você acredita que estará se movendo nos pensamentos dos gatos? Que as coisas não são mais como eram.

Quando um gato dá a comida na hora certa, escova seu pelo com frequência e deixa tempo de qualidade para brincar com o gato, isso ajuda muito a assegurar a boa disposição dos felinos.

Crie um grande esforço para continuar a colocar o programa, socializar com todos os gatinhos individualmente, acariciando-a e agitando-a. O treinamento do Clicker é útil se o seu gato mostra sinais de abstinência.

Estimulação emocional: a estimulação emocional pode aumentar a melancolia em grande extensão, tanto em humanos quanto em felinos. O tédio é o aspecto ambiental número um que pode contribuir para a depressão, fazendo com que seu amigo peludo afunde na melancolia.

Evite o tédio: o estímulo emocional é a panacéia para o tédio. Permita que seu gatinho ganhe ao expressar seus comportamentos regulares, como atacar, procurar e espreitar. Isso tem a capacidade de aliviar a frustração, que está entre os elementos que levam à depressão felina. A questão é: como você pode engajar seus pensamentos de kittys?

  • Execute Dedique cinco a dez minutos diariamente para participar de uma partida de seu companheiro felino. Faça seu amigo peludo golpear e passar o dedo em jogos como um gatilho de asa em uma corda. Não empurre o gato no primeiro estágio; você precisa tentar e ser feliz com pequenos presentes apenas como um movimento preguiçoso de sua pata e depois disso, você é capaz de construir isso.
  • Ações de caça mímica Esconda algumas guloseimas saborosas pela casa e deixe o gato saber onde obter a pessoa inicial, e dê-lhe elogios se ela comer. Atraia para outro e repita o procedimento; em breve, será o único cheiro do restante. Imitar suas habilidades normais de caça é ótimo para obter um bem-estar emocional dos gatinhos.
  • Alimentadores de quebra-cabeças Uma clássica caixa de ovos pode ser útil como um alimentador de quebra-cabeças fácil. Despeje uma pequena quantidade de ração em cada uma das xícaras; atualmente cabe ao gato manobrar para comer de todos os copos. Além disso, existem alguns alimentadores misteriosos interativos, que apenas soltam ração assim que seu gatinho usa as patas para bater no brinquedo.
  • Gatos poleiros altos simplesmente adoram picos; portanto, eles ficam muito felizes quando você os fornece com um poleiro alto ao lado da janela, onde eles podem permanecer e observar o exterior.
  • Coçadores ou artigos para coçar Coçar é um comportamento natural dos habitantes felinos, e conseguir um coçar para o seu gato de estimação pode ajudá-lo a expressar esse puro instinto. Coloque o raspador em locais táticos como a porta e sua caixa de areia. Desenhe o foco do kittys no poste de arranhão borrifando-o com Feliway. Coçar ajuda os gatos a se sentirem seguros.
  • Os Yescats de Coaching são treináveis, o que é maravilhoso uma vez junto com seu amigo felino gera vínculo e é um tipo de estímulo mental que pode permitir ao gato combater o tédio.
  • Medicamentos Existem muitos medicamentos anti-stress para gatos, mas só podem ser prescritos pelo veterinário. Temos produtos como gabapentina, trazodona, midazolam, além de alprazolam.