Lamentavelmente, ao longo da vida somos naturalmente recebidos com desespero em muitos tipos. Que vão desde um desapontamento intenso (por exemplo, um projeto que você determinou caindo, se era seu para começar ou não), até perder um próximo e adorado. Pudemos ver por isso que não sofremos apenas se amarmos alguém de quem gostamos, no entanto, esta é a única fase em que alguém irá admitir nossa angústia. Da mesma forma, os cães podem revelar sinais de depressão devido a muitas razões, independentemente da natureza – os cães, sendo cães, são mais profundamente afetados quando sofrem de separação de um membro da matilha.

Você observará algumas das facetas mais sombrias de redução se tornando mais comuns quando eles foram removidos de sua residência – no entanto, seu passado horrível na casa poderia ter sido, se deixando sua casa desde filhotes (embora, felizmente, isso seja bastante incomum ) e, claramente, se eles abandonaram um proprietário ou parente mais velho em geral. Embora o elemento significativo no processo de luto em cães (como todos nós) seja o tempo, esperamos que este guia possa ajudar a lançar alguma luz sobre os indicadores de um cão em luto e também a melhor maneira de lidar com um cão afligido pelo desespero.

Indicações De Luto Em Cães

Quando a maioria dos homens e mulheres conhece a resposta normal ao desespero em humanos – isto é, os 5 estágios do luto – é difícil avaliar a resposta ao luto em cães. Eles podem muito bem ter suas fases particulares que causam a passagem do desespero, no entanto, como não podemos nos comunicar com nossos filhotes em frases, é difícil entender onde está a mente de seu cachorro, em relação ao processo de luto. No entanto, existem alguns sinais que foram acumulados ao longo dos anos no tipo de estudos e evidências anedóticas que nos permitem compartilhar alguns dos sintomas de seu cão que podem ser evitados. Esses incluem:

  • Redução do apetite

Esta pode ser uma das primeiras indicações que você detectará, uma vez que os cães são normalmente bastante orientados para a alimentação. Se eles não estiverem tão entusiasmados com o jantar quanto o normal ou pareçam desinteressados em guloseimas para cães, isso pode ser o resultado de seu cão estar desesperado.

  • Vocalizações

Estes não são necessariamente limitados a roncar. Eles também são capazes de incorporar choramingos aparentemente sem motivo, choramingando, gritando ou talvez suspirando mais do que o normal.

  • Mudanças comportamentais

Este é um termo bastante amplo que pode abranger uma variedade de coisas. Mais importante, você provavelmente veria seu cão sofrendo de ansiedade de separação (ao passo que anteriormente não havia problema em ser deixado sozinho por breves intervalos), letargia em um cão ocupado, ação mais intensa em um filhote geralmente mais descontraído e comportado. Isso pode significar tanto um cão mal-humorado que pode rosnar acima do normal, mastigar coisas que ele entende serem proibidas ou costumes comparáveis com os quais um cão ruim pode sofrer.

  • Acidentes em casa

Incluindo defecar e urinar (mesmo que seu cão já tenha sido treinado em casa) propositalmente além de estar nervoso ou não intencionalmente.

Obviamente, sua primeira parada deve ser o veterinário, mesmo que essas indicações sejam apenas re – é melhor prevenir do que remediar, e a prevenção é muito melhor do que a cura, uma vez que você identifica os sintomas desta forma, o que também pode indicar muitos sintomas físicos problemas.

O CBD Pode Ajudar No Luto Em Cães?

Embora o CBD tenha muitos aspectos positivos, não se sabe se ele pode afetar favoravelmente cães que sofrem de desespero. Tendo isso em mente, foi comprovado que o CBD em muitos tipos afeta cães em diferentes regiões. Portanto, é provável que usar o CBD junto com seu cão enlutado possa ajudar a controlar alguns dos sinais de desespero, incluindo o estresse, que pode estar entre os maiores sinais de desespero em cães.

Além disso, usar óleo de CBD no pelo do seu cão é uma ótima explicação para acariciar e cuidar bem do seu animal de estimação. Passe um pouco de óleo na pele do seu cão enquanto o limpa e você não só notará uma camada de pele mais brilhante e saudável, que poderá diminuir os níveis de estresse e ajudá-los a se sentirem seguros em sua casa.

Nossas Dicas Para Ajudar Seu Cão A Lidar Com A Dor

  • Dica 1- Seja paciente

Mesmo que seja difícil não perder o humor, quando você volta do trabalho para determinar que sua casa foi destruída junto com seus cachorros fazendo cocô no chão, lembre-se de que ele não está fazendo isso para assustar você pessoalmente ou para criar tensão em casa. Um cão apreensivo tem muito mais probabilidade de realizar essas coisas por meio de um mecanismo de enfrentamento e não é provável que reaja à raiva. Seja paciente com seu cachorro e considere que isso é apenas momentâneo.

  • Sugestão 2 – Mantenha seu regular

Os cães são criaturas de hábitos – por que esperam pacientemente na porta para que você chegue em casa na hora ideal, apesar de não ter a capacidade de ver um relógio, é como eles entendem em que direção fica o parque do bairro e como eles vão lidar com depressão e desespero. Se o seu cão acabou de perder alguém perto dele, tente seguir a rotina anterior o máximo possível, caso você esteja ciente disso. Caso não o faça, é um momento fantástico para começar a implementar o seu próprio.

Ter uma regularidade ajuda o seu cão a manter a noção do tempo, enquanto permite que ele se concentre no que se segue ao longo do dia. Assim como nós, humanos, pode ser extremamente valioso manter uma única e pequena meta de cada vez e usar um regular pode ajudar nessa meta, diariamente.

  • Sugestão 3 – Elogie-os

Elogiar o bom comportamento mostrará que eles ainda são apreciados e valorizados, além de mostrar que estão se tornando um ótimo cão. Pode prejudicar sua alma perceber que seu cão está esperando por alguém que não vai voltar para casa, mas tente não irritá-lo quando isso ocorrer – eles podem ver isso sendo elogiado por esperar e continuarão fazendo isso.

Também é aconselhável desprezar o mau comportamento (como mencionado anteriormente), pois gritar ou repreender por se comportar de uma maneira específica neste período pode resultar em aumento maciço do estresse. Isso é particularmente verdadeiro quando seu cão está tentando encontrar sua nova função na família, o que pode ocorrer se a redução veio de um animal diferente.

  • Sugestão 4 – Cuide bem do seu cachorro

Pode parecer óbvio, mas se você está estressado com a saúde psicológica deles, é simples que sua saúde física fique em segundo plano. Caso o seu cão não esteja comendo, dormindo ou se comportando de forma irregular por pelo menos 24 horas, é hora de levá-lo ao veterinário. O veterinário local pode acabar prescrevendo medicação que vai aumentar a náusea, vontade de comer etc., então certifique-se de vigiá-los após o check-up, para garantir que eles se machuquem acidentalmente.

  • Dica 5 – Experimente alguns tratamentos holísticos

Existem algumas opções bem conhecidas que podem definitivamente ajudar no processo de luto do seu cão, sem a necessidade de medicação prescrita corretamente. Por exemplo, o uso de feromônios está comprovado para aumentar a saúde de seus cães, enquanto mencionamos as vantagens de usar óleos e guloseimas de CBD (anteriormente). Usar a arte da massagem é apenas outra técnica conhecida para ajudar a acalmar e auxiliar um cão nervoso.

Enquanto isso, entre os melhores remédios que existem no momento está o uso de hidro-piscinas. Isso pode ser excepcionalmente útil no caso de você ter um cachorro mais velho, cujas pernas são rígidas, ou quando estão sofrendo de artrite. Isso ajuda a mantê-los ocupados e todos nós sabemos – o treino é uma ótima maneira de aumentar as endorfinas e a dopamina, ajudando seu cão a controlar o desespero.