Mudar para um feriado muito necessário com seu animal de estimação precisa de um planejamento cuidadoso. Isso pode começar alguns meses antes da data da viagem. Se suas férias envolverem uma viagem para um país diferente, você terá que preparar muitos documentos. Vários países têm seus próprios requisitos para viajar com animais de estimação. O passaporte para animais de estimação é apenas um dos principais documentos que os pais de animais de estimação que viajam para o exterior devem preparar com antecedência. Aqui está tudo o que você quer aprender sobre esta fatia significativa do registro de animais de estimação.

O Passaporte Do Animal De Estimação

Portanto, este registro contém informações relevantes sobre o animal de estimação. O passaporte do animal de estimação inclui o status de vacinação contra a raiva das criaturas. Além disso, ele pode conter outras informações, como tratamentos para suínos, exames de sangue e tratamentos para carrapatos.

É muito parecido com o passaporte que nós, humanos, temos. Este registro inclui informações sobre nossa identidade. O mesmo acontece com passaportes de animais de estimação. Ele contém informações sobre o animal de estimação que o governo do estado receptor pode considerar significativas. Isso os ajudará a determinar se o animal deve ser liberado ou não pelo respiradouro.

O passaporte do animal de estimação é válido por toda a vida do animal. Mas, como todos os registros oficiais, os dados que ele contém precisam de atualização constante. Isso é particularmente verdadeiro para o estado de vacinação contra a raiva de animais de estimação e outros tratamentos para cachorros.

História Do Passaporte Pet

O passaporte para animais de estimação tem suas raízes em 2001. Historicamente, o Reino Unido está bastante empenhado em preservar seu status de livre da raiva. O Reino Unido também é bastante rígido em relação às doenças tropicais e exóticas que podem entrar na terra britânica. As plantas que vão para o Reino Unido podem abrigar pragas transmissoras de doenças. Portanto, o governo do Reino Unido tem um programa de quarentena animal extremamente rígido. Isso significa que todos os animais que vão para o Reino Unido estão sujeitos à quarentena, que pode durar até 6 semanas.

Não é difícil imaginar o aborrecimento se você for um britânico viajando com seu animal de estimação. Pode ser fácil viajar com seu cachorro para outro país. Voltar pode ser uma história diferente. Eles podem precisar permitir que as autoridades do Reino Unido coloquem seu animal de estimação em quarentena. Isso implica separação temporária de seu amado cão, gato ou algum outro animal de estimação que você trouxe em sua jornada.

Para lidar com esse assunto, o governo do Reino Unido instituiu o Pets Travel Scheme em 2001. A estratégia permitiu que os britânicos trouxessem seus animais de estimação em suas viagens ao exterior. Eles não precisam se preocupar com o fato de seus animais de estimação ficarem presos ao retornar.

Não muito depois, outras nações fora do Reino Unido e da União Europeia também adotaram o programa PETS. Incluindo Estados Unidos, Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Argentina, Emirados Árabes Unidos e nações do Caribe.

Portanto, se você viajar para um desses estados que entendem o esquema PETS, pode garantir que seu animal de estimação não seja submetido à quarentena obrigatória.

Como Pode Ser Um Passaporte De Animal De Estimação?

Os primeiros passaportes de animais de estimação não eram tão sofisticados quanto os que temos agora. Eles encontraram jornais rosa tamanho A4 que continham o número da tatuagem ou microchip do animal de estimação. O presente passaporte para animais de estimação parece um livreto azul. Inclui as seguintes informações em várias seções.

  • Seção I

Este contém informações sobre a posse de animais de estimação. No caso de vários proprietários, cada proprietário deve preencher um segmento. O passaporte do animal de estimação pode acomodar até 6 proprietários distintos. Isso é benéfico se o seu animal de estimação for viajar com outra pessoa. Caso o aviso sobre a propriedade do animal de estimação não coincida com o passaporte da pessoa que carrega o animal no momento da viagem, podem surgir problemas.

  • parte II

Esta seção inclui uma descrição do animal de estimação. Pode incluir a cor e os padrões da pelagem. Também existe uma parte em que é possível definir uma imagem do seu animal de estimação. Por outro lado, a imagem não é obrigatória.

  • Parte III

Isso inclui o conselho do microchip de seu animal de estimação. Se o animal não tiver um microchip, a quantidade de tatuagem será suficiente. Inclui o número do microchip de 15 dígitos e a localização deste transponder no corpo do animal de estimação.

  • Parte IV

A Seção IV inclui informações sobre o veterinário licenciado que emite o passaporte do animal de estimação. Inclui o título do veterinário, número de licença, informações de contato e outras informações relevantes. Há também uma seção na parte inferior da página da Web na qual o veterinário pode afixar sua assinatura.

  • Tarefa V

Esta seção inclui informações sobre a situação da vacinação anti-rábica do animal. Possui documentação da vacina anti-rábica utilizada como data do governo. Este segmento também contém o nome completo, número de licença e informações de contato do veterinário que administrou as vacinas anti-rábicas. O veterinário deve ser devidamente autorizado pelas autoridades que emitem o passaporte do animal.

  • Seções VI a X

Todos esses segmentos são opcionais. No entanto, é melhor obter essas páginas de passaporte de animal de estimação, pois há alguns estados que podem exigir as informações. A seção VI inclui os resultados oficiais do teste de titulação para anticorpos da raiva. A seção VII inclui conselhos sobre o tratamento anti-equinococo. A seção subsequente, parte VIII, compreende tratamentos contra parasitas. A seção IX inclui dados para vacinações adicionais de seus animais de estimação. A seção final compreende as consequências da avaliação clínica veterinária.

Desde dezembro de 2014, o Reino Unido está utilizando um tipo de passaporte seguro para animais de estimação. Isso inclui tiras laminadas, além de outros recursos de segurança inovadores. A forma mais antiga de passaportes de animais de estimação permanece legítima, no entanto.

A Importância Da Certificação De Vacinação Contra A Raiva

O principal objetivo do Pets Travel Scheme seria manter o Reino Unido livre da raiva. O mesmo é verdadeiro para estados que usam a estratégia em seus aplicativos de viagens de animais de estimação. As mordidas de cães são responsáveis por pelo menos 99% dos casos de raiva em todo o mundo. Pessoas que desejam controlar sua disseminação precisam garantir que essas criaturas tenham obtido suas vacinas anti-rábicas de rotina. Até mesmo o Reino Unido, a UE e outras nações são rigorosos com relação às autoridades da política de ingresso sem vacinas contra raiva .

A vacinação anti-rábica dos animais de estimação é um dos conselhos mais importantes que o passaporte de animais de estimação deseja ter. Ele também está entre os requisitos mais básicos para implementação.

A vacinação anti-rábica deve ser administrada pelo menos 21 dias antes da data da viagem. Este período de 21 dias pode variar de país para país. Portanto, é melhor verificar as diretrizes específicas do país em que você gostaria de ir.

Se o cão ou animal de estimação obtiver a vacinação anti-rábica em menos de 21 dias no período da viagem, as autoridades portuárias podem não permitir que ele entre.

Animais de estimação precisam de vacinação anti-rábica todos os anos. Portanto, é melhor manter-se atualizado com o programa de vacinação do seu animal de estimação. Se o seu animal de estimação viajar com a vacinação antirrábica vencida, as autoridades de ventilação não permitirão que ele viaje com você. Isso apesar de seu passaporte de estimação continuar válido.

Também é muito importante que seu animal de estimação seja microchipado até receber a vacinação inicial contra a raiva. Se o seu animal de estimação receber a vacina contra a raiva até receber o microchip, você deverá vacinar seu cão contra a raiva novamente após o microchip.

Maneiras De Ter Um Passaporte De Animal De Estimação

Obter um passaporte de animal de estimação não é tão difícil. Se você mora ou algum outro estado membro da UE, você só precisa consultar um veterinário devidamente aprovado. Como consequência, não se pode visitar um veterinário que não seja devidamente reconhecido pelas autoridades do país emissor.

Se você mora nos Estados Unidos, precisa adquirir um Certificado de Saúde da UE em um veterinário credenciado pelo USDA. Perceba que este certificado inclui um intervalo de validade de 4 meses. Além disso, a viagem deve ser dentro de 10 dias após a emissão do Certificado Sanitário da UE. Se você viajar além desse intervalo de 10 dias, terá que adquirir outro Certificado de Saúde da UE.

Perceba que você encontrará o passaporte do animal de estimação assim que entrar no Reino Unido ou na UE; não antes. Portanto, você pode encontrar o Certificado de Saúde da UE do veterinário credenciado pelo USDA nos Estados Unidos no máximo 10 semanas antes da viagem. Assim que você chegar ao seu destino ou à UE, poderá solicitar um passaporte de animal de estimação.

Ao obter um passaporte de animal de estimação, é fundamental conhecer uma série de diretrizes.

  • Apenas veterinários aprovados pelo Reino Unido e pela UE podem emitir passaportes de animais de estimação.
  • Podem ser utilizados apenas cães ou animais de estimação com pelo menos 12 semanas de idade no momento do pedido de passaporte para animais de estimação. Isso equivale à idade mais avançada dos cães, que podem ter a primeira chance de se vacinar contra a raiva.
  • Os cães vacinados contra a raiva devem esperar 21 dias antes de poderem viajar.
  • O animal precisa ter um microchip implantado sob a pele antes da vacinação contra a raiva.

Quanto Custa?

É preciso ver que o passaporte do animal exige dois componentes básicos para que seja legítimo. Para começar, deve incluir o conselho do microchip do seu cão. Em segundo lugar, deve ter prova de vacinação anti-rábica. Só então o veterinário aprovado pela UE ou Reino Unido emitirá um passaporte de animal de estimação.

O Passaporte Para Animais De Estimação é Universal?

É uma pena que ter um passaporte de animal de estimação não garante a simples passagem pela UE, o Reino Unido e outros estados que reconhecem esse esquema PETS. Por exemplo, alguns estados podem exigir um Certificado de Saúde Veterinária para o seu animal de estimação junto com o passaporte do animal.

Além disso, há estados que, no entanto, colocam em quarentena os animais de estimação que possuem passaportes para animais de estimação. Isso geralmente acontece se o animal vier de um país onde a raiva continua disseminada. Exemplos de países onde a raiva ainda é bastante difundida incluem China, Indonésia, Marrocos, Turquia, Tailândia e Filipinas, entre outros. Isso significa que o passaporte do animal de estimação não resgatará seu animal da quarentena obrigatória no caso de você viajar de tais estados de raiva elevada.

Vale A Pena Ter Um Passaporte Para Animais De Estimação?

Há muitos benefícios em obter um passaporte de animal de estimação, uma vez que é válido.

Para começar, torna possível viajar de porto em porto com relativa facilidade. A polícia de imigração e controle de fronteiras já conhece o caráter de um passaporte de animal de estimação. Eles se sentem muito mais confiantes em permitir que seu animal de estimação vá para o campo. Eles entendem que seu animal de estimação tem todas as injeções essenciais para não introduzir doenças no país.

Viajar com seu animal de estimação exige que você esteja preparado para qualquer eventualidade. Sofrer com respiradouros pode ser assustador, caso você não possua a documentação adequada para seu animal de estimação. Ter um passaporte de animal de estimação legítimo torna tudo mais simples.