Todos os animais, incluindo seres humanos e cães, têm a capacidade de sentir ansiedade. Esta é uma emoção saudável e normal que tem um propósito genuíno na existência, mas em excesso pode ser desagradável e pode causar muitos problemas na vida de um cão. Cães de todas as raças encontram nervosismo e, como os indivíduos, a ansiedade afeta cada cão de maneira diferente. Neste artigo, fornecemos um resumo dos sintomas e formas de ansiedade comuns em cães. Além disso, fornecemos conselhos muito bons sobre como lidar com o seu cão nervoso. Continue lendo para aprender mais.

O Que Acontece Quando Um Cachorro Está Ansioso?

É possível que os cães sofram de ansiedade crônica devido a problemas de saúde e cognitivos, como envelhecimento, doença ou lesão; mas a maior parte da ansiedade em cães é severa e devida a condições específicas.

Por exemplo, um cão pode sentir medo e nervosismo quando confrontado com:

  • Superfícies incomuns que variam de pisos de madeira a botões, dependendo do tipo de
  • Criaturas, pessoas ou itens não familiares, como chapéus ou guarda-chuvas
  • Experiências desconhecidas, como viagem de carro, barco ou avião
  • Separação de ambientes, itens e / ou indivíduos familiares
  • Novas configurações, como o consultório do veterinário
  • Fogos de artifício e outros ruídos altos

Alguns cães podem apresentar medo inicial quando confrontados com esses indivíduos, lugares e coisas, no entanto, eles normalmente superam isso rapidamente. Os cães que têm problemas de ansiedade ou podem estar se desenvolvendo ou completamente em um transtorno de estresse terão respostas exageradas que não podem superar.

Quando níveis elevados de ansiedade contínua existem e não são resolvidos, eles podem rapidamente se transformar em um transtorno de ansiedade. Os cães com transtornos de ansiedade que não são tratados desenvolvem uma constelação de problemas de saúde e de comportamento relacionados à ansiedade.

Quais São Os Sintomas De Ansiedade Em Cães?

  • Pant e babar excessivamente
  • Fique inquieto, andando de um lado para o outro e latindo demais
  • Comece a rasgar objetos em sua casa ou gramado
  • Ter contratempos dentro de casa, mesmo que ele ou ela seja treinado em casa
  • Cresça ou torne-se agressivo com outros animais e até mesmo pessoas
  • Perde o interesse nas coisas que deseja desfrutar e pode mostrar outros sinais de depressão
  • Delicie-se com comportamentos compulsivos e repetitivos que podem trazer algum alívio do estresse

Qualquer cão que esteja passando por uma situação natural de produção de estresse pode apresentar algum ou todos esses sintomas. Os cães que sofrem de estresse crônico tendem a apresentar um ou todos esses sintomas de maneira regular e contínua.

A Ansiedade Canina Pode Ser Perigosa?

Cães ansiosos podem certamente machucar a si próprios ou a outras pessoas na esperança de fugir ou lutar com a ansiedade percebida. Naturalmente, um cão agressivo quando ansioso é bastante perigoso. Este tipo de cão é frequentemente conhecido como “mordedor de medo”.

Esses cães não conseguem controlar sua agressividade, pois têm muito medo de serem machucados. Este tipo de agressão não pode ser prejudicial apenas para o objetivo da agressão, mas também pode ser perigoso para qualquer pessoa que venha do seu cão e do objetivo.

Além disso, os cães que não exibem agressão aberta (por exemplo, mordendo ou atacando) podem exibir agressão passiva, como morder ou rosnar ruidosamente. Isso pode causar uma grande variedade de situações complicadas, indesejáveis e desagradáveis para o cão e seu próprio povo.

Por exemplo, a polícia pode atirar mecanicamente em um cachorro que está rosnando, mesmo que não esteja mostrando nenhum outro sinal de agressão.

Existem Diferentes Tipos De Estresse Nos Cães?

Assim como acontece com os indivíduos, diferentes motivos de estresse produzem vários tipos de ansiedade nos cães. Conforme indicado, alguns dos medos que mencionamos podem se tornar fobias desenvolvidas (medos irracionais) sem intervenção.

O estresse da separação, que é a ansiedade de ficar sozinho, é muito comum em cães. Os cães que passam por ansiedade de separação não toleram ser deixados sozinhos ou separados de pessoas familiares ou companheiros.

Se o seu cão está ansioso com a separação, ele pode exibir uma vasta gama de comportamentos indesejáveis, incluindo:

  • Destruindo paredes, portas e carpetes na tentativa de escapar
  • Defecar e / ou urinar por dentro
  • Destruindo móveis
  • Latindo e gritando

É preciso muita paciência para trabalhar esse problema por meio do reforço positivo, mas isso pode ser realizado.

Cães mais velhos podem desenvolver estresse associado à falha de suas habilidades e a uma condição conhecida como síndrome de disfunção cognitiva (CDS). Os cães podem ficar com medo quando não conseguem ver ou ouvir tão bem como antes. A incapacidade de se mover rápida e prontamente também pode desencadear ansiedade.

O CDS é bastante semelhante ao Alzheimer nas pessoas. Os cães com essa síndrome começam a perder a memória; não são capazes de aprender coisas novas e podem perceber pessoas, lugares, eventos e coisas incorretamente. Os cães que passam por isso ficam obviamente confusos e nervosos.

O Que Você Pode Fazer Para Tratar A Ansiedade Em Cães?

Por conta própria, você pode procurar e eliminar possíveis gatilhos. Por exemplo, se o seu cachorro está ansioso quando você se vai, você pode querer:

  • Deixe um rádio tocando ou um filme projetado especificamente para fazer companhia ao seu cão
  • Leve seu cachorro para uma creche para cães
  • Dê um companheiro
  • Use o treinamento da caixa