Ioga Para Cães. Um Guia Prático Do Doga

Yoga é uma prática milenar que é continuamente ajustada para satisfazer as necessidades de seus profissionais contemporâneos. Embora os movimentos fundamentais possam não ter se alterado, o ambiente, a abordagem e os motivos para a ioga profissional estão em constante mudança. Algumas das últimas atualizações da prática de ioga parecem nada mais do que uma piada de mau gosto. Ainda estou pensando especificamente em ioga de cabra. Mas alguns são extremamente reais e oferecem vantagens substanciais para as pessoas que participam. Uma dessas abordagens contemporâneas no treinamento de ioga é a ioga canina.

Isso não é uma piada. A ioga canina é real e tem muitas vantagens para você e seu cão de estimação. As vantagens da ioga canina contêm vínculo aprimorado com seu animal de estimação, socialização e construção de confiança. Há até evidências que sugerem que a ioga ajuda a acalmar cães hiperativos e acalmar aqueles que ficam facilmente estressados. Quando você considera isso, os cães terminam muitas posturas de ioga diferentes dentro de seus movimentos e movimentos regulares. Portanto, é razoável que, se houver uma aula de exercícios que você possa fazer coletivamente, seja ioga para cães.

A Maneira De Fazer Ioga Com Seu Cachorro

Mas isso não significa que você pode simplesmente apedrejar tanto quanto uma aula de ioga com seu cachorro e combinar. Você deseja localizar cursos que sejam especialmente para cães e seus donos. Esses cursos são geralmente chamados de doga. É uma ótima idéia estudar esses cursos antes de optar por levar seu cão. Normalmente existem dois tipos de cursos de ioga para cães. Aquele em que você pratica ioga normalmente e os cães circulam e interagem uns com os outros. O segundo tipo envolve os cães realizando poses junto com seus donos. Os presentes são alterados quando necessário para torná-los adequados para o cãozinho fazer.

Ao pesquisar cursos de doga, verifique as limitações de tensão e tamanho. Aulas separadas podem ser realizadas para cães grandes e pequenos para ajudar a evitar problemas entre as diferentes linhagens. Também pode haver limitações nas quais raças de cães podem frequentar os cursos. Além disso, verifique o que é devido a você e ao seu cão. Como seu cão pode antecipar suas ações durante os cursos? Eles têm que ser confortáveis sem coleira? O que acontece quando seu cão se comporta mal durante um curso?

Além disso, considere se seu cão está preparado para tal curso. Eles gostam de estar perto de pessoas e outros cães? Eles vão querer entrar ou podem ficar o tempo todo dormindo em um canto? Vale a pena avaliar a quantidade de participantes do curso e quão grande é a distância utilizada. No caso de o seu cão não gostar especialmente de grandes públicos, então uma pequena aula é provavelmente a melhor escolha.

Assim que encontrar o rumo correto e o instrutor ideal é fundamental que você se deixe ser orientado pelo seu cão. Yoga não é algo que você pode induzir, e se eles não estiverem interessados ou engajados, forçá-los pode causar trauma ou um cão muito zangado.

Conheça também suas limitações. Caso seja necessária uma postura para levantar o cão, seja orientado por sua própria habilidade. Se você se sentir desconfortável com o fardo do seu cão, mesmo que seja modesto, não o levante.

Assim como em quase qualquer ação em ambientes fechados, certifique-se de que seu cão tenha muitas chances de ir ao banheiro antes de começar. Elogie seu cão com freqüência e ofereça guloseimas adequadas no final do ano ou poses envolventes, se adequado.

Página Inicial De Ioga Para Cães

Obviamente, você não precisa visitar um curso para conhecer as vantagens da doga. Você pode facilmente fazer a clínica no conforto da sua casa. Isso diminui a ameaça de conflito com outros cães e também garante que você tenha uma área segura e tranquila para passar algum tempo praticando e construindo laços com seu cão. Mas se você faz exercícios em casa, lembre-se de que muitas das mesmas diretrizes se aplicam. É insuficiente apenas procurar fotos de cães fazendo poses de ioga e, em seguida, tentar recriá-las.

No entanto, você deve ser orientado por seu cão e não tentar levantar cães que são muito pesados ou que não gostam de ficar do chão. Se você tem um cão maior, tente poses que lhe permitam esticar junto com eles. Contenha intervalos naturais de descanso durante as posturas mais calmas, porque é quando você tem mais probabilidade de se relacionar com seu cão, além de experimentar os benefícios da ioga para a saúde.

Se a ideia de seu cachorro conectando você no tapete de ioga não lhe agradar, você encontrará diferentes métodos para integrar a ioga à sua rotina diária com seu cão. Pense em maneiras de incorporar movimentos e posturas às suas caminhadas diárias. Algo tão simples como agachar para recuperar a bola em vez de dobrar o ajudará sem incomodar seu cão.

Yoga é um tipo de meditação. Uma oportunidade para aproveitar o momento, para se livrar das pressões e tensões do planeta. É provável que atinja uma condição semelhante ao passear com seu cachorro, especialmente se você optar por um momento tranquilo para caminhar ou algum grande espaço vazio para se concentrar em você, seu cão de estimação e em qual a bola se moveu.

Seja qual for a maneira que você escolher para abordar a noção de ioga canina, o segredo do sucesso não é entrar em pânico. Caso o seu cão não queira entrar, faça-o dormir ou observar. Se você estiver em um curso e eles abandonarem um presente fedorento no chão, limpe-o e prossiga. Você precisa ter senso de comédia para experimentar a ioga canina, especialmente em um curso, mas como a felicidade é supostamente o melhor remédio, talvez isso seja ótimo.